03/12/2020

Quais os principais procedimentos de estética dental?

1. Clareamento Dental

Maus hábitos alimentares — como o consumo de café, refrigerante, vinhos e outros produtos com corantes —, e até o uso de alguns medicamentos podem causar uma mudança na coloração dos dentes. Por isso, o objetivo desse tratamento é clareá-los, deixando-os na cor mais natural e livres de manchas.

Existem duas formas de realizar o clareamento dental: no consultório, com agentes clareadores ou a laser; e em casa, com aplicação de um gel com auxílio de uma moldeira. Em ambos os métodos, é imprescindível contar com a orientação de um dentista.

2. Implantes dentários e próteses

A ausência de um ou mais dentes afeta uma grande parcela da população e, além da questão estética, também ocasiona problemas de mastigação. Por isso, a colocação de implantes dentários ou próteses tem uma grande procura nas clínicas especializadas.

Atualmente, a colocação de implantes está bem rápida, sendo realizada em até 72 horas. O paciente já sai do consultório com função plena. A prótese fixa também é um procedimento rápido, pois é feita com apoio dos dentes laterais. A escolha do melhor procedimento dependerá da saúde da gengiva e do periodonto (tecido que reveste os dentes).

3. Facetas de porcelana

As facetas são próteses de porcelanas finas, como lâminas, usadas para corrigir diferenças nos dentes, como desgastes, desalinhamentos, trincas, manchas ou desigualdades.

Para realizar a aplicação é necessário desgastar os dentes para colar as facetas, corrigindo o problema. Elas se encaixam perfeitamente na estrutura dentária, por isso tem uma estética muito bonita, de aparência agradável e natural.

4. Lentes de contato para dentes

As lentes de contato surgiram como uma evolução das facetas de porcelana, sendo ainda mais finas. São indicadas para correções mais sutis, como alteração na cor, aumento do tamanho e fechamento de diastema (espaço entre os dentes).

Outra vantagem é que para a colocação das lentes não é preciso desgastar os dentes, na maioria das vezes. Caso seja necessário algum desgaste, a retirada de uma quantidade mínima do esmalte costuma ser suficiente para a aplicação.

5. Botox

O botox, também conhecido como toxina botulínica, é um tratamento temporário. Por meio da aplicação da substância, o impulso nervoso da fibra do músculo é bloqueado por determinado período.

É um procedimento que pode ser utilizado para diversas finalidades estéticas. Em relação à estética dental, ele é usado para tratar problemas como a distonia (espasmos em partes da boca), o bruxismo (ato de ranger os dentes), sorriso gengival e sialorreia (produção excessiva de saliva).

6. Encurtamento ou alongamento da gengiva

Algumas pessoas apresentam a gengiva muito aparente quando sorriem ou falta de gengiva. Ambas características costumam causar desconforto, mas podem ser corrigidas por meio de procedimentos cirúrgicos.

No excesso de tecido gengival, é possível realizar uma plástica para remover o excedente. O procedimento, chamado gengivectomia, permite redesenhar a linha da gengiva, alongando os dentes.

Já quem sofre com uma gengiva muito curta pode realizar cirurgia para colocação de enxerto. Esse procedimento é feito com um tecido similar ao da mucosa e deixará os dentes menos expostos.

7. Bichectomia

A bichectomia também é conhecida como lipoplastia facial. Trata-se de um procedimento cirúrgico para retirar o tecido gorduroso que fica localizado nas bochechas. Esse tratamento permite um contorno facial mais fino e alongado.

Costuma ser muito procurada por pessoas que apresentam bochechas mais cheias e se incomodam com o formato do rosto causado por elas. Por mexer bastante com a aparência do rosto, tem sido muito requisitada por famosos.